30 setembro 2020 - 7:06

Justiça de Orleans suspende decreto que limitou funcionamento de supermercados no município

A juíza Bruna Canella Becker Búrigo, titular da 2ª Vara da comarca de Orleans, deferiu liminar, nesta quinta-feira, 30/07, para suspender parcialmente decreto municipal que restringia horário de funcionamento de supermercados aos sábados e domingos. No mandado de segurança impetrado por uma associação supermercadista, foi questionado o Decreto Municipal 4.851/2020, de 29 de julho, que proíbe por 14 dias o funcionamento das empresas do segmento supermercadista aos sábados a tarde e aos domingos, como medida de enfrentamento ao novo coronavírus.

No entanto, conforme argumentado pela entidade, o trecho do decreto afronta a legislação federal e estadual vigente e viola direito líquido e certo dos estabelecimentos envolvidos, por se tratar de serviço de natureza essencial. “O Decreto Municipal de n. 4.851/2020, ao que consta, neste momento, ultrapassou os limites de sua competência ao restringir o funcionamento de atividade considerada essencial quando Lei hierarquicamente superior não o fez”, pontuou a magistrada.

Além disso, a decisão ressalta que a restrição de horário de funcionamento dos supermercados, por coincidir com o início do mês e com o recebimento de salários e remunerações, se tratando do período que a maioria das famílias compra insumos alimentícios, de higiene e limpeza, não atingirá os fins pretendidos. “Ao contrário, provocará, ao meu sentir, maior aglomeração e fluxo de pessoas, especialmente aos sábados pela manhã, pois quem trabalha durante a semana possui maior tempo para as compras referidas no final de semana”.

A liminar foi deferida suspendendo os efeitos do decreto na parte em que veda o funcionamento de supermercados, mercados, mercearias, padarias, açougues, fruteiras, feiras livres, peixarias, lojas de venda de produtos alimentícios, lojas de venda de salgados, doces, bolos e tortas, aos sábados a partir das 12h e o funcionamento aos domingos (art. 4º, I, c). (Autos nº 5001427-68.2020.8.24.0044)

Fonte: TJSC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-