sexta-feira, 10 julho 2020 - 6:10

ISOLAMENTO SOCIAL: A pandemia que tomou conta da humanidade.

O Brasil vem passando por uma pandemia ocasionada pelo vírus Covid-19, mais precisamente Coronavírus, doença infectocontagiosa que está atingindo a população mundial.

Mediante a essa situação a Organização Mundial da Saúde (OMS, 2020) tomou medidas drásticas, para evitar o contagio desenfreado na população.

Assim que o coronavírus espalhou-se, houve uma ligeira modificação na rotina dos brasileiros, fazendo com que o país parasse, e obrigando os mesmos a adentrarem a quarentena, ou seja, o isolamento social.

O isolamento é uma preservação e uma forma de contribuir para o bem comum. Uma vez que este período pode vir acompanhado de vários sofrimentos emocionais, como; nervosismo, agitação, tensão, aumento da frequência cardíaca, suor, tremores sem justa causa e ansiedade, além dos medos, estresses e pânicos generalizados que o acompanham. (OMS, 2020). Estamos passando por um momento de crise não somente físico, mas também mental e devemos atravessar esse momento difícil juntos. Enquanto isso, reuni algumas recomendações de profissionais da área da saúde, sobre práticas que ajudam a ter uma experiência mais saudável nesse período em casa.

Como colunista deste jornal, exponho algumas maneiras de atravessarmos está pandemia juntos, pratique-as;

Cuidar do seu corpo; praticar exercícios e se alimentar de forma saudável, para relaxar, praticar meditação e alongar fazem muita diferença na saúde física e psicológica. Aproveite o tempo para colocar as coisas em ordem; Sabe aquela arrumação de armário, de arquivos e fotos do computador, de e-mails da caixa de entrada, das plantas da casa.  Aproveite o tempo e faça coisas que possam ocupar e relaxar a sua mente. Faça o que gosta; Ouvir uma boa música, fazer um curso online, ler um livro que está na sua lista há tempo ou assistir aquela série ou filme que te recomendaram, aproveite o tempo disponível para isso). Mexa- se; Dance. Espiritualidade; Mantenha sua fé e suas atividades religiosas, caso elas façam parte da sua rotina, também é importante para sua saúde mental. Social; procure manter contato social telefônico ou on-line com as pessoas importantes para você e sua família.

Momentos como esse são especialmente difíceis por que nos damos conta das nossas fragilidades e vulnerabilidades.  Não banalize a situação atual tentando evitar o medo ou a apreensão sobre a doença. Mas ao invés de entrar em pânico, podemos aproveitar esse mal-estar para fortalecer a percepção da nossa interdependência, criar processos de solidariedade mútua, avançar na produção de conhecimento, de cuidados de si e do coletivo. Essa pode ser uma boa oportunidade de repensar nosso modo de produção, nossos modos de vida, reinventar novas formas de habitar a cidade e o planeta.

 

Fontes:

file:///C:/Users/Simoni%20Pavei/AppData/Local/Microsoft/Windows/INetCache/IE/QNQDQW46/Guia%20de%20Saúde%20Física%20e%20Psicológica%20no%20Isolamento%20(1).pdf

file:///C:/Users/Simoni%20Pavei/AppData/Local/Microsoft/Windows/INetCache/IE/C20JO7O7/41654_coronavirus_saudemental.pdf

 

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-