25 janeiro 2021 - 1:33

FUTEBOL. Situação do Criciúma é muito preocupante

Mesmo assim, depende apenas de si para evitar o descenso.

Como diria Milton Leite, narrador do Sportv: que fase! A situação do Criciúma Esporte Clube dentro da Série C do Campeonato Brasileiro de futebol/2020 é muito preocupante. Além de não conseguir avançar á etapa seguinte da competição, o que necessariamente impossibilita retornar a Segundona nacional, agora o Tigre corre risco de ser rebaixado para a Quarta Divisão do futebol nacional. O que já era ruim ainda pode piorar. Todavia, para evitar o rebaixamento, o tricolor depende apenas de si na 18ª e última rodada do grupo-B, onde receberá o Brusque no próximo sábado, 5, no estádio Heriberto Hulse ás 19h. Aliás, os demais confrontos também acontecerão no mesmo horário – São Bento/SP x Ituano/SP, Volta Redonda/RJ x Londrina/PR, Tombense/MG x Boa Esporte/MG e o duelo gaúcho entre Ypiranga e São José.
Atuando em Porto Alegre no último sábado no Francisco Novelletto (na foto), o Criciúma foi derrotado pelo São José por 2 a 0, com gols de pênalti convertidos pelo goleiro Fábio, do time do RS. Aliado a mais um revés fora de casa onde não obteve sequer uma vitória ao longo da competição, e a vitória do São Bento diante do Boa Esporte (1×0), resultado esse que rebaixou a equipe mineira, resta tão somente uma única vaga no descenso, que será ou do Criciúma ou do São Bento.
A classificação do grupo-B está assim: Londrina, Ypiranga e Brusque 28 pontos; Ituano e Tombense 26; Volta Redonda 22; São José 20; Criciúma 18; São Bento 17 e já rebaixado, o Boa Esporte com 14.
Ou seja, para não depender do resultado do São Bento, que receberá o Ituano em Sorocaba e que ainda luta por vaga no G-4, o Tigre necessita derrotar o Brusque no duelo estadual. Com o triunfo, estará matematicamente garantido na Terceirona de 2021; qualquer outro resultado ficará no aguardo da partida no interior paulista. Que final de temporada do tricolor carvoeiro, hein. A semana será longa e será preciso muita concentração e foco para o embate frente ao Brusque que vem de uma sonora goleada sofrida em casa para o Volta Redonda, 8 a 1. É isso mesmo, 8 a 1. No entanto, ainda tem chances de seguir para a próxima fase.
SÉRIE D.
E por falar em Série D, de onde o Criciúma tenta escapar, o torneio foi encerrado em sua primeira fase no fim de semana. No corrente ano, três equipes de Santa Catarina representaram o Estado e apenas uma avançou de fase: o Marcílio Dias, de Itajaí. Atuando em casa no último sábado, o Marinheiro derrotou o Pelotas/RS por 1 a 0 e chegou a 21 pontos no grupo-A8, fechando tal fase na quarta colocação. Agora, é mata-mata e o adversário será a Ferroviária/SP, com datas e horários a serem divulgados pela CBF.
Em contra-partida, Atlético Tubarão e Joinville estão eliminados. O Peixe concluiu a sua participação com mais um revés (3×0 para o São Luis/RS); já o JEC empatou com o Novorizontino, de São Paulo, em 0 a 0.
Por: Rodolfo Devilla!
- Anúncio -
-Anúncio-