28 setembro 2020 - 4:58

FGTS pode ser usado para retomada da credibilidade

A liberação dos recursos do FGTS e do PIS  foi uma das formas encontradas pelo governo para estimular a atividade econômica e está dando certo. Muitos consumidores estão aproveitando o dinheiro extra para quitar dívidas e voltar a ter crédito no mercado, principalmente, com a proximidade do Natal. Na Havan, houve um crescimento de cerca de 50% no volume de negociações no mês de setembro, com relação a agosto, quando foi liberada a primeira etapa de retirada do dinheiro do FGTS e do PIS.

A Havan, com o objetivo de ajudar os clientes com dificuldades financeiras a retomar a credibilidade, segue com a campanha de renegociação até o dia 31 de outubro. A maior loja de departamentos do Brasil está concedendo descontos de até 90% para a quitação da dívida com a rede. Os clientes com débitos na Havan estão sendo comunicados por SMS e e-mail marketing sobre a campanha. Nessa divulgação, consta um link para interagir com a loja. Caso o cliente prefira antecipar este contato para renegociar a sua dívida e obter uma condição especial, o canal  é central de atendimento.

“É uma oportunidade para todos os nossos clientes resgatarem o que possuem de mais importante: a sua credibilidade. Acreditamos que o futuro próximo é de esperança e prosperidade e estamos fazendo a nossa parte: o certo para nosso País e para os nossos clientes”, comenta Patricia de Souza Christiano, gerente de crédito e cobrança da Havan.

Atualmente, no Brasil, segundo dados da PNAD/IBGE, há 12,5 milhões de desempregados, 63,4 milhões de negativados e 45 milhões de desbancarizados, que são os brasileiros que não possuem conta bancária. Os números representam 29% da população brasileira, que movimentam a economia em mais de R$ 800 bilhões por ano.

Por Elaine Cristina Malheiros – New Age Comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-