5 agosto 2021 - 3:24

Elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Rio Mampituba chega na etapa de enquadramento


O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá e Afluentes Catarinenses do Rio Mampituba esteve mais uma vez reunido com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Mampituba e Governo do Rio Grande do Sul. A pauta da reunião foi discutir as próximas fases do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Mampituba. O modelo está sendo elaborado pelo governo gaúcho em parceria com os comitês, que agora irão trabalhar na elaboração de mais uma etapa do plano, o enquadramento.

Nesta parte, os comitês irão identificar quais são os membros da Bacia do Rio Mampituba. Desta forma, a população poderá dizer qual a qualidade e quantidade de água que esperam ter e que se pode desenvolver.

“Em um próximo passo iremos realizar uma capacitação, quando serão realizadas metodologias para o enquadramento dos corpos hídricos. Estarão lá os representantes dos dois comitês para retirar ensinamentos para construir os Manuais Operativos (MOPs). Os MOPs são ações que serão executadas posteriormente ao enquadramento para a aplicação na prática do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Mampituba”, esclareceu a engenheira ambiental e assessora técnica do Comitê Araranguá, Michele Pereira da Silva.

Como o gerenciamento da bacia será compartilhado entre os comitês, o presidente do Comitê Araranguá, Luiz Leme, reforçou a importância de os trabalhos de elaboração do plano serem efetuadas de forma conjunta. “Foi uma reunião bastante produtiva. O principal objetivo foi a divisão de tarefas entre os comitês. Cada um fazendo a sua parte fica mais fácil para nós avançarmos na elaboração do plano”, salientou.

Colaboração: Lucas Renan Domingos
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-