24 julho 2021 - 2:37

Criciúma beirando a Terceirona

Matematicamente ainda dá, porém dentro de campo está muito difícil de acreditar na permanência do Criciúma Esporte Clube na Série B do Campeonato Brasileiro em 2020. Com uma campanha muito irregular, a equipe comandada pelo técnico Roberto Cavalo se encaminha para a Terceira Divisão do futebol brasileiro na próxima temporada. Na última terça-feira (5), o Tigre até lutou, chegou a colocar bola no travessão, mas não conseguiu vencer pela 33ª rodada da competição. Na ocasião, foi novamente derrotado fora de casa, desta vez para o Operário na cidade de Ponta Grossa, interior do Paraná, pelo placar de 1 a 0 no Estádio Germano Krüger.

Com o resultado, os carvoeiros somam 31 pontos na tabela e seguem na zona do rebaixamento, ocupando a 19ª e penúltima colocação.

O JOGO.

No primeiro tempo, o confronto foi marcado pelo equilíbrio e por poucas chances de gol. A melhor oportunidade foi dos visitantes: Daniel Costa cruzou e Léo Gamalho cabeceou firme, só que a bola explodiu no travessão.

Já na etapa complementar, a partida continuou bastante disputada. Os carvoeiros tiveram boas chances com Léo Gamalho e Daniel Costa logo nos primeiros minutos. Porém, mais uma vez e na reta final, como já havia acontecido em outros jogos, o adversário não perdoou: o lateral Maílton, aos 48 minutos, chutou firme e decretou o triunfo do Operário.

“CAVALO MOTIVADO”.

Na entrevista coletiva, o técnico Roberto Cavalo lamentou o revés. Para ele, a equipe merecia um resultado melhor, destacando que os atletas estavam desolados, porém ainda acreditando na permanência: “o vestiário estava inconsolável. A gente tenta, se esforça, cria as oportunidades, mas a bola não entra. E o pior: o adversário ataca e faz. Quanto á motivação, primeiramente eu (Roberto) preciso me motivar para passar aos atletas a esperança de que ainda é possível manter o clube na Segundona. Vamos retomar os trabalhos e focar no próximo desafio”, comentou, visivelmente abatido.

O próximo compromisso do time criciumense será neste sábado, 9 às 16h30min na Ilha do Retiro, em Recife/PE diante do Sport, que está muito perto de retornar a elite do futebol nacional. Quem já está na Série A é o Bragantino/SP.

OS NÚMEROS NÃO MENTEM.

Apesar da campanha ruim, o Tigre ainda tem cinco partidas para evitar a queda de divisão. Até o momento, foram 33 jogos e tão somente seis vitórias; o ataque tricolor é o segundo pior da competição com 24 gols anotados, somente a frente do Vila Nova/GO.

Mesmo assim, continua dependendo única e exclusivamente de suas forças. Em caso de vitória neste sábado, não deixará o “Z-4”, todavia poderá encurtar a distância para um ponto, aguardando obviamente pelo término da rodada nº 34.

Por: Rodolfo Devilla!

 

- Anúncio -
-Anúncio-