29 setembro 2020 - 4:26

Covid-19: Polícia Militar reforçará fiscalização em São Ludgero

Após uma reunião realizada às 14 horas de hoje, quarta-feira, 17, no Gabinete do Prefeito, ficou decidido que a partir de amanhã, quinta-feira, 18 de junho, a pedido do prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, a Polícia Militar intensificará as ações relacionadas aos regramentos estabelecidos diante da pandemia do Covid-19 para pessoas e estabelecimentos em geral.

     O número de casos confirmados tem aumentado muito nos últimos dias. O prefeito Iba diz que é triste perceber que após a paralisação quase que total da cidade muitas pessoas relaxaram nos cuidados básicos. “Estamos falando de saúde e não é da saúde do prefeito e sim de toda uma comunidade. Estamos falando de alguns simples cuidados básicos que são usar máscara, evitar aglomerações, manter distância mínima e será que nem isso muitas pessoas não conseguem fazer, respeitar. Se não estão nem ai, então, façam por suas famílias”, alerta. Ele completa dizendo que a cidade e as pessoas de São Ludgero já perderam muito com a pandemia e por este motivo deveriam levar a sério. “Não queria, mas tive que pedir para a Polícia Militar intensificar as ações pela cidade”, resume. O Comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar, Tenente Daniel Tomazelli, durante a reunião enfatizou que as ações estão acontecendo em relação aos regramentos estabelecidos, inclusive, com notificações já feitas e várias orientações. “O pedido será atendido e tem locais que podem ser fechados, por já terem sido notificados”, disse. O Comandante do Destacamento da Polícia Militar de São Ludgero, o 3º Sargento PM Arcione Oenning Dacorégio, informou que entre as ações várias idas ao ponto turístico Morro da Cruz, bares e outros estabelecimentos com grande número de aglomerações de pessoas. “Vamos intensificar as ações, sinal que muitos na comunidade não estão respeitando e preocupados com a saúde de si e do próximo”, pontua. O Secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Léo Füchter, também participou da reunião e lembrou que diante da paralisação ocorreram prejuízos para todos os segmentos da sociedade e enfatizou que com o retorno das atividades e o relaxamento é possível que algo radical precise ser feito. “Muitas dúvidas nós gestores também temos e por este motivo a importância de cada pessoa levar a sério e fazer a sua parte. Somente assim seguiremos mais seguros, com o sistema público de saúde conseguindo atender a demanda e saindo desta situação complicada que envolve saúde e questão econômica com os menores danos possíveis. Ninguém está livre da fiscalização”, ressalta.

    Cabo Ariela Mattei Nunes também participou da reunião. Se as pessoas perceberem aglomerações ou souberem de realização de festas, bem como negligência por parte de pessoas e estabelecimentos comerciais podem fazer a denúncia através do Disque 190, pelo aplicativo PMSC Cidadão ou entrarem em contato com a Guarnição Especial de Braço do Norte pelo fone 3651 1896.

Por Bertoldo Kirchner Weber – Assessor de Comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-