25 setembro 2020 - 10:16

Coorsel conta com a ajuda de outras cooperativas para reestruturar os danos do Ciclone

Mais de 3000 unidades consumidoras foram afetadas pelos ventos que atingiram a região na última terça-feira (30)

Na última terça-feira (30), um ciclone-bomba afetou o Estado de Santa Catarina. Os estragos na rede elétrica foi a maior já registrada na história do Estado. Os associados da Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural (Coorsel) também foram afetados. Cerca de três mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica por causa do ciclone.

Cerca de 100 postes e cinco transformadores caíram e precisaram ser substituídos em Orleans e Pedras Grandes. Além disso, muitos cabos arrebentaram e precisaram de manutenção. As localidades do interior de Orleans foram as mais atingidas e sofreram muitos estragos.

Todos os colaboradores da Coorsel trabalharam desde terça-feira (30) até este domingo (5) para reestabelecer a rede elétrica nas comunidades de Furninhas, Rodeio, Chapadão, Rio Minador, Brusque, Boa Vista, Três Barras, Rio Hipólito e Capivaras, em Orleans. Também receberam os serviços, as comunidades de Tempe e Rio Coral, em Pedras Grandes.

Para conseguir prestar um serviço rápido aos associados, a Coosel contou com a ajuda de colaboradores da Cergal e da Cermoful. “Se o pessoal das cooperativas não tivesse ajudado, não teríamos terminando ainda a reconstrução das redes. A ajuda deles foi de fundamental importância”, ressalta a Coorsel.

Após uma semana do ciclone, apenas dois sítios ainda não estão sem energia elétrica, porque a equipe da Coosel não conseguiu ter acesso aos locais.

O presidente da Coorsel, Ivanir Vitorassi, falou sobre o evento climático que atingiu a região. “Infelizmente fomos atingidos nos quatro municípios, mas graças a Deus, não tivemos nenhuma vítima e ninguém se machucou. Isso é um ponto positivo disso tudo. Quando não há perda de vida e não há ninguém que se machuque, os problemas passam a ser minimizados. O vendaval causou muitos estragos na nossa região e nas outras cooperativas coirmãs. Com solidariedade, as cooperativas se ajudaram e foi possível restabelecer a rede de forma rápida. Agradeço as coirmãs Cergal e Cermoful pela ajuda e colaboração com a Coorsel”, comenta o presidente.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Coorsel

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-