31 outubro 2020 - 7:20

Conheça as duas alunas de Santa Catarina selecionadas para o Parlamento Jovem Brasileiro 2020

As alunas Daniela Gonçalves Flores e Jaciara Marhold irão representar Santa Catarina no Parlamento Jovem Brasileiro deste ano. A lista com os 78 alunos selecionados no país, que também participarão da Jornada Parlamentar dos deputados jovens em Brasília, foi divulgada nesta semana pela Câmara dos Deputados e pode ser acessada neste link.

As duas estudantes passaram por uma seleção que começou com 49 estudantes das redes estadual, federal e particular de Santa Catarina que inscreveram seus projetos de lei no Programa Parlamento Jovem Brasileiro. Após aprovação pela banca estadual, Daniela e Jaciara foram selecionadas na avaliação de uma banca federal.

Projeto de Daniela incentiva a qualificação do jovem no meio rural

Estudante do Instituto Federal Catarinense (IFC) no campus de Santa Rosa do Sul, Daniela Gonçalves Flores teve a ideia do projeto após participar de um curso para jovens promovido por uma cooperativa da região onde mora. Sua proposta de lei tem como objetivo destinar 15% do Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social de cooperativas agrícolas e agropecuárias para a formação e qualificação de jovens no meio rural.

“Tive a ideia de expandir esse modo de atuação social para outras cooperativas agrícolas. A elaboração em si não foi difícil, pois contei com a ajuda de amigos e professores, mas demorei um pouco para encontrar uma ideia que expressasse as necessidades das comunidades rurais. A sensação é de entusiasmo e felicidade, sou muito grata por esta oportunidade”.

O olhar para as pessoas em situação de rua no projeto de Jaciara

Para Jaciara Marhold, que estuda na Escola de Educação Básica Maria Regina de Oliveira, no município de Agronômica, o Parlamento Jovem Brasileiro foi a oportunidade de colocar em prática um sonho de infância: ajudar as pessoas em situação de rua. Seu projeto altera a lei n° 8.742/1993, que institui a organização da Assistência Social e o apoio para as pessoas em situação de rua ou extrema pobreza, tendo por objetivo oferecer algum conforto e dignidade humana a eles.

“Quando o meu professor veio falar sobre o Parlamento Jovem para a minha turma eu logo tive interesse. Fui atrás para saber mais sobre o programa e tive um pouco de dificuldade para elaborar o projeto, não pensei que poderia ganhar. Por isso é uma sensação muito boa saber que consegui ser selecionada e que vou representar Santa Catarina. Estou muito feliz em saber que sou uma deputada jovem”.

Próximos passos das deputadas jovens de Santa Catarina

Ambas devem tomar posse do mandato como deputadas jovens no dia 22 de outubro. A partir de então, passam a exercer o mandato com reuniões e ferramentas on-line, incluindo atividades como a distribuição de projetos, formação de comissões técnicas, redação de pareceres e outras ações semelhantes à atuação dos deputados da Câmara Federal.

O ponto alto do mandato é a Jornada Parlamentar, quando os deputados jovens têm a experiência legislativa na Câmara dos Deputados, em Brasília. Por conta da pandemia de Covid-19, o cronograma foi alterado e a jornada está prevista para maio de 2021. Em cada etapa dessa experiência, o estudante tem a oportunidade de aprender sobre o processo legislativo e sobre as várias questões envolvidas na análise e aprovação de uma proposta.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Secretaria de Estado da Educação (SED)
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-