27 setembro 2020 - 6:21

Cegero investe R$ 268 mil na construção do 1º piso da sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer

Com o objetivo de oportunizar que as voluntárias tenham melhores condições de realizar seus eventos e os trabalhos de apoio às pessoas da comunidade que estão em tratamento de câncer os membros do Conselho Administrativo da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), com a autorização dos sócios, decidiram investir R$ 268.000,00, recurso oriundo do Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates) e sobras de 2018, na construção do primeiro piso da sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer, localizada na rua Padre Auling, margem esquerda, centro de São Ludgero.

O segundo pavimento, conhecimento como 1º piso, terá uma área total de 182,70 metros quadrados contendo um amplo auditório para realização dos eventos diversos, encontros e reuniões de apoio, dois banheiros, uma cozinha e uma área de circulação. As obras estão sendo executadas pelo Size Comércio e Serviços de Materiais de Construção que apresentou bom preço ao Conselho Administrativo da Cegero. Já o projeto foi doado pela Engenheira Civil Sheila Baschirotto, da empresa Prisma Engenharia.

Após a conclusão a sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer contará com uma área total construída de 421,63 metros quadrados. Na parte térrea a sede conta com uma área total construída de 238,63 metros quadrados contendo sala de espera, secretaria, consultório, sala de preventivo, banheiros, cozinha, sala de assepsia, fisioterapia, lavanderia e sala de costura e artesanatos.

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Tânia Mara Motta Füchter, não esconde a alegria de ver mais um sonho das voluntárias se transformar em realidade. “A construção de mais um pavimento em nossa sede era uma necessidade para melhorarmos nosso atendimento às pessoas da comunidade. Gratidão a todos os membros que formam o atual Conselho Administrativo da Cegero pela decisão tomada”,  ressalta.

Sobre o investimento o presidente da Cegero, Francisco Niehues Neto, o Chico, diz que a decisão dos membros do Conselho Administrativo tem base legal na autorização dos sócios dada durante a última Assembleia Geral. “Com muita responsabilidade os membros do Conselho debateram o investimento na ampliação da estrutura física da Rede Feminina, formada por voluntárias, que desenvolvem um trabalho de apoio importante junto às pessoas em relação ao câncer na cidade. O investimento, que tem origem no Fates e nas sobras de 2018, vai ao encontro dos princípios do cooperativismo. Aproveito para agradecer a confiança dos sócios”, enfatiza.
Comunicação Cegero

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-