19 junho 2021 - 1:13

Câmara de Treviso devolve R$ 280 mil à Prefeitura

O Poder Legislativo de Treviso irá devolver aos cofres públicos R$ 280 mil referente às sobras do duodécimo. Essa é a maior devolução da história do município. A previsão é que o valor retorne ao Executivo nesta quinta-feira, dia 31.

Para a vereadora Crisleide Cimolim (MDB), que esteve à frente da Casa no primeiro semestre de 2020, a economia só foi possível por conta de uma gestão enxuta e transparente.

“Os contratos foram revistos e aqueles que a Câmara não tinha interesse, não foram renovados. A gente aproveitou as mídias sociais para divulgar os atos da Câmara e tivemos redução dos contratos de publicidade”, disse.

A vereadora frisou que a economia demonstra que a Câmara segue as diretrizes dos Observatórios Sociais do país. “Eles lutam pela redução dos gastos públicos nas Casa Legislativas”, finalizou.

Além da revisão dos contratos, os vereadores não realizaram viagens parlamentares. “Respeitamos os decretos municipais e estaduais realizando sessões virtuais. Não realizam viagens, por isso, também economizamos mais que em outros anos”, explicou o atual presidente da Câmara, vereador Reginaldo Rizzati (MDB). O parlamentar espera que o valor devolvido este ano seja bem utilizado no município.

Devoluções anteriores

Em 2018, o recurso devolvido ao Executivo foi utilizado para adquirir uma viatura para a Polícia Militar. “Em 2017, a Casa comprou um carro. Em 2019, reformamos o telhado, trocamos o piso do plenário e, mesmo assim, nos dois anos devolvemos as sobras à prefeitura”, concluiu.

O presidente agradeceu a colaboração dos funcionários e vereadores da Casa ao longo do ano, especialmente, pelo apoio durante as sessões virtuais.

O duodécimo é repassado mensalmente ao Legislativo. O recurso é utilizado para custeio, pagamento de salários e investimento próprio.

Colaboração: Rafaela Maffioletti

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-