2 dezembro 2020 - 1:56

Bebê foi arrancada da barriga da mãe em Canelinha

A jovem Flávia Godinho Mafra, que estava desaparecida desde a tarde desta quinta-feira (27), foi encontrada morta no bairro  Porto Galera, em Canelinha.

Para abrir a barriga de Flávia, grávida de 36 semanas e roubar a criança, a mulher suspeita de matar a própria amiga, pode ter usado algo similar a um estilete. Depois, foi até o Hospital de Canelinha, onde alegou ter ganhado a bebê dentro de um carro. No áudio que circula em grupos de WhatsApp ela descreve ‘estar bem’ após o parto. A suspeita e um homem estão detidos na delegacia de Tijucas. Esse é um dos crimes mais bárbaros já registrados no Vale do Rio Tijucas.

O corpo foi encontrado no pátio de uma cerâmica desativada, na rua Godofredo Benevenutti, bairro da Galera em Canelinha na manhã desta sexta-feira (28), em Canelinha.

Flávia havia desaparecido na quinta-feira (27), após ser convidada pela amiga, para ir até um chá de bebê.

Segundo informações do Portal Visor de Notícias, o crime foi premeditado. A bebê também sofreu diversos cortes, possivelmente provocados pelo estilete usado no crime.

Informações Portal Visor Notícias

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-