24 setembro 2020 - 11:31

Amoreira e os seus benefícios à saúde

Foto: Imprensa News Sul

A amoreira, cujo nome científico é morus nigra, produz frutos e folhas com propriedades antioxidantes.

A pequena fruta silvestre que pode ser encontrada a partir de novembro, no entanto,  as folhas da árvore estão ao alcance durante o ano todo. A amoreira é utilizada para muitas receitas e ainda é altamente potente para fortalecer a saúde dos ossos.

A planta é uma árvore que atinge aproximadamente até 12 metros de altura. Suas folhagens têm um desenho de coração, podem ser inteiras ou lobuladas com as extremidades serrilhadas que se devem aos atributos dos cordiformes. Durante o inverno, as folhagens de mais idade ficam na cor amarela e depois caem inteiramente. Por outro lado as flores são miúdas e brancas, meio amareladas.

Seu fruto pode ser consumido in natura, e são usados para a fabricação de sorvetes, xaropes, sucos e geleias.

Possui nutriente como a vitamina E, que é conhecida por ser um ótimo antioxidante. Isso significa que evita a oxidação celular através do combate aos radicais livres, que quando em excesso podem gerar diversos problemas ao nosso corpo. Com isso, permite que a célula permaneça saudável, o que evita o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de um câncer. Sem falar que também deixa o sistema imunológico fortalecido, reduzindo as chances de o organismo sofrer com alguma doença.

A fruta com muitas qualidades medicinais contém água, açúcar e vitamina C, cálcio potássio, e por isso é muito indicada para tratamento da osteoporose e ainda como tônico, fortalecedor dos músculos.

Conforme publicação no site- Eco Vida “Por possuir ácido elágico, componente antioxidante que é especialmente conhecido pela sua ação anticâncer. Isso porque inibe o aparecimento de células cancerígenas em diversas partes do corpo, incluindo pele, mama e próstata. É bom destacar que o ácido elágico não está presente apenas na amora, aparecendo também em outras frutas vermelhas”.

As folhas da amoreira também podem ser utilizadas como chá

São diversos os benefícios medicinais do chá, pois suas propriedades antioxidantes amenizam os danos causados pelos radicais livres, que causam envelhecimento precoce, cânceres e problemas cardíacos.

Conforme publicação do Site MSN, se ingerido diariamente, é capaz de amenizar os fogachos comuns na menopausa, e seu poder anti-inflamatório reduz as dores das cólicas menstruais e alivia os sintomas da tensão pré-menstrual. O chá é capaz ainda de aliviar dores de cabeça e insônia.

Conheça os benefícios do chá de folhas de amora:

A amoreira, cujo nome científico é morus nigra, produz frutos e folhas com propriedades antioxidantes

Ricas em flavonoides, as folhas da amoreira produzem um chá de sabor suave e agradável

A presença de flavonoides ameniza os fogachos – calores – próprios da menopausa

É poderoso para atenuar cólicas, irritação e inchaço comuns na fase pré-menstrual

Indicado como auxiliar no tratamento contra insônia e alterações de libido

Também atua como coadjuvante em tratamentos de doenças nos rins e no fígado

Sua ação anti-inflamatória o torna um potente aliado contra a enxaqueca

Contribui para equilibrar os níveis de pressão arterial e do colesterol por causa da vitamina C

Rico em antioxidantes, combate os radicais livres causadores do envelhecimento precoce

Equilibra os níveis de gordura corporal e glicêmico, prevenindo a diabetes

Tem efeito diurético contra o inchaço, assim como a maioria dos chás

O chá de folhas de amora ajuda a combater a insônia e a ansiedade

A infusão pode ser feita com folhas secas, encontradas em casas de produtos naturais, mercados e zonas cerealistas

O chá pode ser feito com folhas frescas, maceradas num pilão

O chá de folhas de amora deve ser consumido em até 24 horas. Depois desse tempo, ele perde as propriedades

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-