21 janeiro 2021 - 10:13

Amabily, de Braço do Norte, é bicampeã brasileira de karatê

Amabily dos Santos de Oliveira, de Braço do Norte, é bicampeã brasileira de Karatê Interestilos. Ela só tem 12 anos, está no sexto ano do ensino fundamental, mas já acumula vitórias de gente grande. Foram duas medalhas de ouro consecutivas em competições vencidas em São Paulo no ano passado e neste ano, reunindo jovens de todo o país.

De acordo com a mãe da menina, Cleonice Fatima dos Santos, o gosto pelo karatê teve início há quatro anos, quando Amabily, que sempre gostou muito de esportes, pediu para que a mãe a matriculasse em algo mais específico. “Fomos conhecer uma academia perto de casa, ela fez aula experimental por um mês e se apaixonou. E o resultado desta paixão está aí hoje, com muita dedicação e esforço”, conta.

Com treinos três dias por semana, durante estes quatro anos Cleonice disse que foram pouquíssimas vezes em que ela precisou faltar. “Ela é muito disciplinada e dedicada. Além de amar o que faz. E nós a apoiamos muito, porque esporte é muito importante na vida dos jovens. Ele afasta tudo o que é de ruim e só traz benefícios para a vida”, ressalta.

Este ano, em virtude da pandemia do coronavírus, os treinos e as competições precisaram ser um pouco diferentes. Além do uso de máscara e seguindo todos os protocolos, as aulas foram sem contato físico. Murilo Ferreira de Figueredo, sensei de Amabily, diz que a própria competição foi com apresentações de katá, que mostram as técnicas utilizadas sem precisar de contato com o oponente. “Por conta disso, nossos treinos foram visando este tipo de competição. E deu certo, tanto que viemos com o ouro”, comemora.

Sobre o futuro, a mãe de Amabily diz que ainda é muito cedo para saber. “Ela ainda é muito novinha, tem muita coisa pela frente. Agora ela diz que quer fazer faculdade de Educação Física, mas o futuro dirá o que terá para ela. Mas, com certeza, ela permanecerá se dedicando a fazer o que gosta”, diz.

Próximas competições

O sensei Murilo diz que Amabily ainda terá este ano mais uma participação em um campeonato em São Paulo, que será classificatório para o Mundial da Polônia. “Ela é muito dedicada e disciplinada e me orgulha ver este desempenho dela em tão pouco tempo. A Amabily tem um espírito diferente para o karatê, isso a diferencia. Sem contar a maturidade apresentada para a sua idade”, comenta, orgulhoso, o treinador da menina.

Informações do Diario Do Sul 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-