terça-feira, 7 julho 2020 - 5:05

Albertina: filme que conta a história da beata estreia dia 11 de junho

O acesso pode ser adquirido pelo site www.blueticket.com.br.

No dia 11 de junho vai ao ar o filme da beata Albertina. O longa metragem vai ser exibido na internet, mas você já pode adquirir o ticket para assistir com a família. O bilhete custa R$ 38,39 e pode ser comprado no site blueticket.com.br. Albertina Berkenbrock foi beatificada pelo Vaticano em 2007 e o seu processo de Canonização continua tramitando na Santa Sé.

Albertina nasceu em Imaruí, no Sul do estado de Santa Catarina e sua vida de fé, solidariedade e amor tem sido fonte de exemplo e inspiração no mundo inteiro. A menina sofreu uma tentativa de estupro e foi assassinada com 12 anos, três anos após ter feito a Comunhão. Albertina foi assassinada porque quis preservar a sua pureza espiritual e corporal e defender a dignidade da mulher por causa da fé e da fidelidade a Deus. A menina mobilizou a comunidade onde vivia para a data da Primeira Eucaristia e afirmou que aquele era o dia mais feliz da vida dela. O longa metragem foi produzido pela Boa Nova Films e vai ser exibido na plataforma de streaming da produtora. (Com informações do Tatiana Sabatke / Pascom)

O longa-metragem foi dirigido pelo cineasta Luiz Fernando Machado, com roteiro de Chico Caprario, foi gravado – quase em sua totalidade – na cidade de Imaruí. A obra, além de narrar a história da Beata, também possibilitou que dezenas de atores regionais participassem das gravações.

Com devotos em todo o mundo, o filme de Albertina será distribuído com legendas em seis idiomas: português, inglês, espanhol, italiano, alemão e francês.  A expectativa é que logo após a pandemia do novo coronavírus o filme tenha estreia popular em Imaruí, São Luiz e Tubarão.

A Beata

Albertina Berkenbrock era filha de um casal de agricultores, Henrique e Josefina Berkenbrock, e teve mais oito irmãos e irmãs. Foi batizada no dia 25 de maio de 1919, crismou-se a 9 de março de 1925 e fez a primeira comunhão no dia 16 de agosto de 1928. Foi assassinada em 15 de junho de 1931, aos doze anos de idade.

Com o decreto de beatificação, assinado pelo Papa Bento XVI, no dia 16 de dezembro de 2006, foi beatificada em 20 de outubro de 2007.

Fonte: Infosul.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-