30 novembro 2021 - 8:41

O assédio nas suas diferentes situações

Infelizmente, o assédio não é um problema novo na história da sociedade, independente do sexo, idade, raça, ou cor, o mesmo estará presente em todo lugar, não importa o que estamos fazendo; seja de pé no ônibus, andando no comércio, cruzando a rua, caminhando, ou até mesmo varrendo na frente de casa, sempre vai ter alguém para soltar um assovio, fazer uma piada infeliz, dar uma buzinada, ficar encarando ou até mesmo chegar e apertar alguma parte do seu corpo sem nem notarmos.

Sendo definido como um tipo de importunação insignificante, acaba por ser configurado como condutas abusivas exageradas que por meio de palavras, comportamentos, atos, gestos, e escritas podem trazer danos à personalidade da vítima ocasionando vários problemas físicos e psicológicos. Com a chegada dos direitos sociais, cabe destacar que limites deveriam ser estabelecidos e respeitados, sob pena caso haja a violação de princípios maiores, quando relacionado a dignidade humana.

Deste modo, podemos destacar os vários tipos de assédios, nas suas diferentes formas, lugares e situações deixando a vítima cada vez mais encabulada, e privando a mesma de trabalhar nos seus afazeres rotineiros por insegurança do que lhe possa acontecer futuramente e acabar que prejudicando o seu desenvolvimento no trabalho em decorrência de problemas na comunicação, interação com os colegas, reuniões, compartilhar conhecimento, e aparições rotineiras. Agravando cada vez mais o seu estado de saúde e contribuindo para o surgimento de novas doenças futuras ou até mesmo a morte.

Fontes:

http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=dc20d1211f3e7a99

https://www.cps.sp.gov.br/wp-content/uploads/sites/1/2020/12/2020_cartilha_assedio_Rev_final.pdf

http://www.ufac.br/ufac/prodgep/cartilhaassediodigital.pdf/

- Anúncio -
-Anúncio-