26 setembro 2021 - 10:16

Polícia Civil identifica responsável por divulgar “fake news” em São Ludgero

A falsa notícia gerou repercussão no município e região.

A Polícia Civil identificou um homem suspeito de divulgar ”fake news” no domingo (25). A investigação é da Delegacia de Polícia do Município de São Ludgero, no Sul do Estado.

Na noite do último domingo, dia 25, circularam áudios em aplicativos de mensagens em que referiam que teria ocorrido um homicídio no município de São Ludgero. Com a circulação dos áudios, a Polícia Civil foi acionada para verificar a veracidade das mensagens e foi verificado que se tratava de “fake news”.

Segundo a Polícia Civil, a falsa notícia gerou repercussão no município e região. As mensagens divulgadas relatavam que um morador do município teria supostamente agredido duas pessoas com facadas, resultando num homicídio consumado e em outro tentado. Foi registrado um Boletim de Ocorrência sobre os fatos e instaurado procedimento policial para apurar o crime de calúnia. Foram realizadas diligências para identificar a autoria.

Após investigação, na tarde desta terça-feira (27), o autor foi identificado e ouvido na Delegacia de Polícia. Ele deverá responder por calúnia. O procedimento policial ainda está em andamento e depois de concluído será enviado ao Judiciário.

Segundo o Delegado de Polícia Eder Matte, as “fake news” podem configurar diversos crimes, entre eles, calúnia, injúria e difamação e quando o crime é cometido ou divulgado nas redes sociais a pena aplica-se em triplo.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-